CONTAGEM REGRESSIVA

"... sabemos que a arte de nosso tempo, ela própria, no que tem de mais ousado, se coloca no horizonte do precário, desprezando o conforto das formas fixas e a tutela sereníssima do eterno." (Haroldo de Campos, na introdução do livro Pequena Estética, de Max Bense)


CUMPLICIDADE

domingo, 18 de setembro de 2011

MANO MINA




2 comentários:

MIRZE disse...

Rubens!

Viu suas duas partes no blog O Gato da Odete?

Você me deu, usei!

A cada dia, melhor!

Beijos

Mirze

RUBENS GUILHERME PESENTI disse...

oi, mirze, anda sumida... ontem eu e a mê estávamos falando do seu sumiço. Tá tudo bem, né?
quanto ao gato da odete, não sei o que é... rs rs rs... é um blog?
pode usar minhas coisas sem restrição, estão aí pra isso mesmo.

obrigado.

beijão.